Dr. Ray sonhou comigo essa noite

-por thiago

oe galera, voltei *-* é, passou 3978064378 anos, mas eu voltei, pra infelicidade geral da naçao :D e eu vou falar sobre um assunto meio tenso, mas já que a ju deixou eu falar, nao to nem ai -s

entao, eu vou falar sobre ~putas~, ou mulheres da vida, ou seja la como voce preferir qqqq anyway, aqui em brasilia, assim como em qualquer lugar, tem os lugares que todo mundo sabe que ta cheio dessas mulheres, e eu, que sou cliente VIP sou um bom menino, nunca experimentei {sério .-.}

mas meus amigos de vez em quando saíam pra andar de carro por aí e passavam por perto dos ~pontos~, e quando voltavam pra cá, chegavam contando as historias, e como eu sou muuuuito criativo -n, vou só recontar as histórias he

certa vez, diziam eles que pararam pra conversar com uma profissional do sexo, e tavam lá, falando com ela e talz, quando perceberam que ela tava ficando meio animada… como eles descobriram? bom, digamos que ela nao era bem uma mulher, e que um certo órgão masculino começou a ganhar vida por baixo do vestido qqqq {ainda bem que eu nao tava la -ss}

no mesmo dia, encontraram com uma outra que duvidou que o cara que tava dirigindo era maior de idade. pra provar, ele foi mostrar a carteira de identidade pra ela, mas ele teve a infeliz ideia de falar a espertissima frase ‘só nao rouba, tá?’. aí a muié istorô a tiazona la começou a apelar com ele, dizendo que com certeza ganhava muito mais do que ele, e que nao precisava roubar nada de ninguem pra se sustentar, blá blá blá…

eu falei que um dos lugares que elas se reunem é perto da escola que eu estudava no ensino medio? entao, é la perto, e uma amiga minha saía do basquete a noite e passava por elas pra ir pra casa, que ela ia a pé. ela me contou que ela tava voltando com umas amigas dela e parou pra conversar com uma tia la, dizendo que era trabalho de escola sobre profissoes, e todo mundo sempre falava sobre medico, engenheiro, e ela quis mudar. do papo, ela descobriu que era 60 reais a hora, e segundo elaa mulher era ate bonita… {se alguem quiser -nnn}

voltando aos meus amiguxos amicos, no mesmo dia eles disseram que tavam conversando com uma lá na calçada, e ela tava na pilha e talz, quando de repente brotou um ~traveco~ negão enorme por tras dela, olhou pra um amigo nosso que tava no banco de tras e perguntou:

“OLHA, NAO PARECE O YURI?”

depois dessa, eles voltaram pra casa e esse garoto passou uns 3 meses sendo chamado de yuri, é -ss

então, o episódio de hoje de ‘histórias sexuais com thiago corrêa’ -n acabou, algum dia eu volto, provavelmente com um post melhor, com uma ideia melhor -sssss

entao, por hoje é só pessoal, até a próxima, desejem feliz dia das maes pras suas mamaes por mim, boa noite *-*

dikdodia: se seu nome for yuri, tem uma amiga sua te procurando aqui em brasília.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: